Roteiro Virtual - Página principal
Sobre Rio de janeiro
Frequentemente citada como “cidade maravilhosa”, o Rio de Janeiro é um dos dois centros economicamente mais importantes do Brasil. A atividade econômica e política da metrópole, porém, convive com sua intensa atração turística, propiciada pelo incomparável cenário de belezas naturais, assim como por edifícios e monumentos históricos que relembram os quase dois séculos em que a cidade foi capital federal.

Cristo Redentor e Morro do Corcovado


Uma das sete novas maravilhas do mundo, o monumento do Cristo Redentor foi inaugurado em 1931, no alto do Morro do Corcovado, na Floresta da Tijuca. A escultura tem 38 metros de altura, além dos 710 metros do Morro do Corcovado e 29,6 metros de envergadura. O Cristo Redentor, feito em concreto armado e pedra sabão, foi projetado pelo engenheiro Heitor da Silva Costa e pelo pintor Carlos Oswald e esculpido pelo francês Paul Landowski, com a ajuda do engenheiro calculista Albert Caquot. A obra de instalação no alto do morro, iniciada em 1926, durou cinco anos.

Biblioteca Nacional


Maior biblioteca da América Latina é uma das principais do mundo, segundo a Unesco. O acervo da Biblioteca conta com cerca de nove milhões de itens, entre livros, documentos, estampas, entre outros. Com história que remonta ao século XIX, quando chegou de Portugal o primeiro acervo, a biblioteca foi adquirida pelo Brasil em 1825 e passou por algumas mudanças de local. O atual prédio foi inaugurado em 1910, com estilo que mistura neoclássico e art nouveau. A Biblioteca Nacional pode ser visitada de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Lapa


Considerados a obra de maior porte empreendida no Brasil durante o período colonial antigo, o Aqueduto da Carioca, conhecido como Arcos da Lapa, tem estrutura em pedra argamassada, apresenta estilo românico, caiada, possui 42 arcos duplos e óculos na parte superior. O conjunto arquitetônico abriga os Arcos da Lapa, o Passeio Público, a Escola Nacional de Música e a Igreja de Nossa Senhora da Lapa. Além disso, o turista pode escolher entre diversas atrações culturais e gastronômicas do bairro boêmio.

Ipanema


A praia de Ipanema, eternizada na música “Garota de Ipanema”, de Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim, é um dos principais cartões-postais da cidade. Sofisticado e com uma intensa vida noturna, o bairro é repleto de bares e lojas comerciais. Atração permanente durante o dia, a praia também recebe um grande número de frequentadores durante a noite, para praticar esportes, caminhar ou relaxar nos quiosques.

Jardim Botânico do Rio de Janeiro


O Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) foi fundado em 13 de junho de 1808. Ele surgiu de uma decisão do então príncipe regente português D. João de instalar no local uma fábrica de pólvora e um jardim para aclimatação de espécies vegetais originárias de outras partes do mundo.

Atualmente, é um dos dez mais importantes do gênero no mundo e, além de abrigar as mais raras espécies de plantas da flora brasileira e de outros países, é uma ótima opção de lazer para crianças e adultos. As visitações ocorrem às segundas-feiras, das 12h às 17h; e de terça a domingo, das 8h às 17h. E atenção: devido à competição de ciclismo dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Jardim Botânico não abrirá nos dias 6 e 7 de agosto.