Roteiro Virtual - Página principal
Sobre Curitiba
Repleta de cartões-postais, como o Jardim Botânico, o Teatro Ópera de Arame e o Museu Oscar Niemeyer, além de parques e bosques, a capital paranaense é ponto de partida para duas belas viagens: a de trem pela Serra do Mar e a de carro pela Estada da Graciosa. Ambas levam a Morretes, onde a pedida é degustar o barreado, prato típico da região à base de carnes cozidas e farinha de mandioca. Já em Curitiba, a boa mesa está por toda parte, em especial no bairro de Santa Felicidade, famoso pelas cantinas que servem rodízio com o melhor da cozinha italiana.

Vida noturna


A noite é bastante agitada na capital paranaense e espalha-se por vários pontos. O Batel, um dos bairros mais nobres da cidade, é repleto de bares e restaurantes, muitos deles lado a lado na rua Bispo Dom José (continuação da avenida Batel). Já no Largo da Ordem, no Setor Histórico, estão as casas que nunca saem de moda. Entre elas, o Schwarzwald, mais conhecido como Bar do Alemão, onde é de praxe tomar um "Submarino" - o caneco de chopp vem com uma canequinha de steinhäger "mergulhada".

O Centro reúne espaços ecléticos, com bares para namorar, beber ou simplesmente comer e bater papo. No bairro São Francisco, o Torto Bar é o point dos jovens que adoram beber em pé, na calçada. O tradicional e famoso pé-sujo está sempre lotado por conta da cerveja gelada e do bolinho de carne. Decoração e fotos nas paredes homenageiam o craque Mané Garrincha.

Parques


Repleta de bosques e parques - são mais de 40! Curitiba guarda em suas áreas verdes muitas homenagens aos seus colonizadores vindos da Polônia, Alemanha e Ucrânia. Os bonitos espaços são utilizados também para a prática de atividades esportivas, culturais e de lazer, entretendo moradores de todas as idades. E ainda tem o Jardim Botânico, a Ópera do Arame, a Unilivre... tomadas de encantadoras áreas verdes.