Roteiro Virtual
Seja um colaborador Seja um patrocinador Fale conosco
Inserir anúncio GRÁTIS no Roteiro Virtual Minha conta
INÍCIO QUEM SOMOS
  
 
Destinos > MT >
Cuiabá
 
Roteiro Virtual - O seu roteiro completo   Nos principais destinos de Cuiabá - MT
Cuiabá é o ponto de partida para vários pontos turísticos do Estado de Mato Grosso. A capital do Estado tem localização privilegiada, pois situa-se no portal da Amazônia, na entrada do Pantanal e a poucos quilômetros da famosa Chapada dos Guimarães, os principais destinos turísticos da região.
Cuiabá - MT
 
 Descubra
 - Principal
 - A História
 - Com chegar
 - Conheça Cuiabá
 - Comidas Típicas
 - Cultura
 - Esportes
 - Hidrografia
 - Política
 - Território
 - Pontos Turísticos
 - Guia Comercial
 - Galeria de Fotos
 Participe
 - Dê as suas dicas!
 - Tem fotos de lá? Envie!
 
 
 
 
O que ver e fazer
em Cuiabá
Fotos (05)
de Cuiabá
Já esteve lá?
Envie suas dicas
 
Pontos Turísticos da cidade de Cuiabá - MT
 

 

Pontos Turísticos e Culturais

Cuiabá é uma capital com riquezas inestimáveis na área turística e cultural, cujo desenvolvimento surpreende os próprios habitantes. As ofertas de entretenimento noturno, regadas a uma variada gama de opções gastronômicas, são ilimitadas e fazem o deleite de quem gosta de se aventurar pela boemia e sacolejar o corpo em ritmos

regionais e abrasileirados, em boates e danceterias. Sem falar nos modernos shoppings situados em locais estratégicos da cidade, ótima opção para saborear pratos típicos e assistir a lançamentos cinematográficos.

É importante salientar que Cuiabá fascina de maneira natural todos aqueles que aparecem por aqui, seja de passagem ou para curtir sua simplicidade hospitaleira, surpreendendo-se com a quantidade de cadeiras nos passeios e famílias em animados bate papos. A poucos minutos do centro da Capital é possível presenciar esse tipo de cena, algo ainda muito natural para o povo cuiabano, acostumado a esse ritmo de confraternização.

Um passeio pela ala comercial da cidade, especialmente nos calçadões centenários, permite ao turista ter acesso a informações importantes sobre o processo histórico do Município e do próprio Estado. A alegria expansiva do cuiabano também concorre para amenizar o incômodo causado pelas altas temperaturas locais, em torno de 38º, 40º e... 42º a 44º.

Interessante mistura

Para uma definição melhor da cidade, costuma-se dizer que é preciso dosar alguns ingredientes de Cuiabá e do seu povo na medida certa. A receita é a de sempre, seja lá ou cá: "Pegue a cultura dos pantaneiros, adicione um pouquinho de costumes paraguaios, bolivianos e indígenas e mexa bem, no alegre ritmo do rasqueado, dança típica da região. Salpique com muita beleza natural, tranqüilidade e um clima deliciosamente quente". Essa é mais ou menos a receita que resultou no que a Cuiabá de hoje - a capital dos mato grossenses, natos e naturalizados.

Cidade charmosa

Cuiabá consegue ser uma Capital de Estado sem perder seu charme. Só para se ter ideia, a cidade faz divisa com Chapada dos Guimarães e suas belas cachoeiras - um passeio imperdível. Que, aliás, pode ser esticado à parte Norte do Pantanal e, também, à rica fauna e flora.

Em apenas duas horas, a partir da Capital mato-grossense, o turista aporta na cidade sede do miolo pantaneiro, Poconé, que acessa os logradouros turísticos mais famosos da região alagada (Porto Cercado, Porto Jofre, Sesc Pantanal e outros). A maioria dos visitantes sempre se encanta ao presenciar a liberdade dos animais da região, jacarés, onças, pacas, macacos, répteis e aves de coloração impressionante.

Salgadeira interditada

O Complexo Turístico da Salgadeira, a 50 quilômetros de Cuiabá, interditado há meses por decisão judicial (Promotoria do Meio Ambiente), ostenta também uma série de atrativos para quem aprecia a natureza na sua essência agreste. Toda a região do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães (a Salgadeira está praticamente no seu centro) é famosa pelo acervo histórico que muitas grutas e cavernas guardam nas encostas dos paredões milenares, que um dia - conforme estudos de geólogos - foram cobertos pelo mar.

Existe um sem números de cavernas que desafiam paleontólogos até hoje, porque não se tem noção da dimensão dessas gargantas irregulares. Muitas se "contorcem" por quilômetros e quilômetros; muitas são cortadas por rios subterrâneos, ou comportam lagos belíssimos, com espécimes de cor e formato inéditos.

Os demais pontos turísticos se espalham até o município de Chapada dos Guimarães (Portão do Inferno, Cachoeirinha, Véu de Noiva, Casa de Pedras, Pousada Penhasco, Mirante). De Chapada dos Guimarães a Campo Verde, município mais próximo, há outros lugares igualmente paradisíacos, que os turistas têm procurado por não haver proibições comuns aos demais pontos localizados nas margens da Rodovia Emanuel Pinheiro, no território cuiabano e chapadense.

Por Água Fria, distrito de Chapada, é possível chegar ao Lago do Manso, viagem de cerca de 65 quilômetros, que pode ser igualmente acessado por rodovia asfaltada a partir de um trevo próximo à sede da PRE - Polícia Rodoviária Estadual, a cerca de 20 quilômetros de Cuiabá.

Vale lembrar que Cuiabá concentra o ponto de partida para diversos cenários de belezas locais e interioranas, a exemplo do cerrado do interior do Brasil e a Amazônia, o que dispensa qualquer tipo de comentário. Seu povoamento se deu pelos bandeirantes, que vieram para a região em busca de ouro, levando consigo seus escravos, além dos muitos imigrantes de países vizinhos que ajudaram a colonizar a cidade, o que faz com que a diversidade do seu povo seja muito grande.

Para entender melhor a história da cidade, aconselha-se uma visita à Fundação Cultural, que conta com quatro museus: o Museu de História Natural; de Antropologia; de Arte Sacra; e o Museu Histórico, além de um ateliê livre. Outros dois museus importantes são o Museu Rondon e o Museu de Pedras Ramis Bucair, que tem belos acervos de trabalhos indígenas e pedras das mais diversas, incluindo um meteorito e um fóssil de dinossauro.

Já a cultura, o misticismo e a fé do povo cuiabano podem ser observados n a Catedral Metropolitana, na Igreja de São Gonçalo, do Rosário, de Nossa Senhora do Bom Despacho, e na de Nossa Sra. Auxiliadora. Todas têm uma história muito interessante para contar sobre sua construção, ou mesmo sobre as peças e obras que abrigam.

A cidade também é ótima para as compras: do artesanato indígena aos doces típicos e licores caseiros. Além de tudo isso, os fãs de comidas regionais ficam satisfeitos com os deliciosos pratos servidos nos restaurantes, a grande maioria à base de peixes da região, como a piraputanga. Não podem ser esquecidas as interessantes danças típicas, como o Rasqueado, o Cururu e o Siriri, que, apesar de já não tão presentes no dia a dia dos moradores, nunca são esquecidas, bem como todas as outras tradições e costumes desse povo que vive no Centro Geodésico da América do Sul.

 
<< Voltar
 
Apoie o Turismo no Brasil...
Antes de viajar ao exterior, conheça todas as belezas do Brasil. Nosso país é rico em cultura, diversidade, natureza e alegria.
- Roteiro Virtual: www.roteirovirtual.com.br
 
 
FOTOS (05)
Fotos de quem esteve lá
 
Galeria de Fotos da cidade de Cuiabá - MT
 
Veja mais fotos da cidade de Cuiabá - MT Veja mais fotos

 

 
 
Principal - Sobre o Portal - Seja um Colaborador - Nossa filosofia - Termo de uso - Privacidade - Política de Qualidade - Fale Conosco - Anuncie
© 2010 - 2014 Roteiro Virtual - Todos os direitos reservados