Roteiro Virtual
Seja um colaborador Seja um patrocinador Fale conosco
Inserir anúncio GRÁTIS no Roteiro Virtual Minha conta
INÍCIO QUEM SOMOS
  
 
Destinos > ES >
Marataízes
 
Roteiro Virtual - O seu roteiro completo   Nos principais destinos de Marataízes - Espírito Santo

Marataízes é um dos mais destacados balneários da região Sul do Espírito Santo, distante 127 quilômetros da capital do Estado, Vitória. O município faz fronteira ao norte e a oeste com a cidade de Itapemirim, a sul com Presidente Kennedy e a leste com o Oceano Atlântico.

Marataízes - Espírito Santo
 
 Descubra
 - Principal
 - A História
 - Aspectos Gerais
 - Artesanato Local
 - Patrimônios Históricos
 - Praias
 - Lagoas
 - Ilhas
 - Turismo de Aventura
 - Turismo Religioso
 - Agroturismo
 - Gastronomia
 - Guia Comercial
 - Galeria de Fotos
 Participe
 - Dê as suas dicas!
 - Tem fotos de lá? Envie!
 
 
 
 
O que ver e fazer
em Marataízes
Fotos (03)
de Marataízes
Já esteve lá?
Envie suas dicas
 

Artesanato Local - Marataízes - ES

 

Além de levar as belezas naturais da cidade na lembrança, o turista que vai a Marataízes pode levar um pedacinho da terra em peças de artesanato, confeccionadas em conchas, escamas de peixe, sementes, cerâmica, cipó, taboa, coco, palhas (milho, coqueiros, palmeiras, outras), entre outros elementos que identificam os principais traços de sua cultura. A miscigenação entre os grupos indígenas, europeus e negros foi herdada e guardada por várias comunidades de artesãos.

O artesanato de Marataízes é alternativa econômica de várias comunidades. Pode ser encontrado, na maioria de suas variações, na Casa do Artesão, que fica localizada em uma de suas avenidas principais, no centro da cidade. Outras opções são o Centro de Produção Regional de Artesanato, que fica na praia Central (antigo galpão do Guandu) e com os ambulantes que usam as praias como espaço para a venda de seus produtos.

Se a intenção do visitante for a de levar como lembrança não somente ornatos decorativos, mas vestuário, calçados ou acessórios, uma boa opção são as peças confeccionadas em taboa ou fio de pita pelo Núcleo de Artesãos Revoada das Garças – trabalho lançado recentemente e que já ganha mercado no Estado.

O artesanato de Marataízes tem o poder de encantar o presenteado e deixar um desejo de voltar ao turista que o adquiriu.

Cestarias

Este é o artesanato que melhor identifica Marataízes, por ser o mais predominante, com artesãos que se espalham em comunidades ao Sul do município, principalmente na região da Lagoa do Siri.

Os trançados são feitos em cipó, taboa, embira de banana, bambu e palhas de milho, coqueiro e palmeira, resgatando antigas tradições indígenas (a ocupação ameríndia na região remonta ao século XVI. A história conta que os índios eram da tribo de Goitacazes). Objetos antigamente usados para fins utilitários, atendendo às necessidades das famílias, passaram a ter outras funções, transformando-se em peças de adornos e lembranças da cultura material da população de Marataízes.

Flores de Escamas de Peixe

A pesca é tão antiga quanto a existência de Marataízes no cenário estadual. Daí, as escamas de peixe, que sempre tiveram lugar de destaque em adornos para enfeitar as rústicas casas de pescadores. As mãos calejadas pelo trabalho da pesca (as mulheres dos pescadores são responsáveis pela confecção e reforma das redes) não prejudicam em nada o delicado trabalho em flores modeladas em escamas de peixe, que se transformam em bonitos arranjos, além de também serem vendidas individualmente (Casa do Artesão – Tel.: 28 3532-1675) para utilização de terceiros em bijuterias.

As flores são confeccionadas de forma bem artesanal, agregando a elas um imenso valor cultural.

Peças de Decoração e Bijuterias em Conchas

O ofício de criar peças de adorno com conchas, é repassado de geração em geração. Por outro lado, existe uma demanda crescente de visitantes no balneário que querem levar de Marataízes uma lembrança de expressão cultural de sua população.

As conchas enfeitam peças de decoração para interior, bijuterias, acessórios de moda em geral, quadros, cortinas, painéis, entre outros adornos de menor porte e ideais para presentear os amigos.

Bijuterias em Sementes

As sementes utilizadas nas bijuterias de Marataízes são variadas, encontradas facilmente em toda a região: mamona, salsa-da-praia, conta-de-lágrimas, olho-de-boi, chapéu-de-napoleão, pau-brasil, linhaça, e muitas outras de igual beleza.

É grande em todo o município o número de artesãos que confeccionam bijuterias em sementes (“jóias ecológicas” ou “biojóias”). O processo de confecção das peças não agride a natureza local e as sementes são utilizadas naturais ou tingidas.

Algumas parcerias entre artesãos melhora a qualidade do trabalho, pois além de trocarem idéias e experiências, produzem mais – é o caso das “Artesãs de Lagoa Funda”.

Calçados em Taboa

São produzidos pelo Núcleo de Artesãos Revoada das Garças, que se reúne na Barra do Itapemirim, formado por dezenas de artesãos vindos de várias localidades do município. A base é a taboa e os adornos ficam por conta de sementes e conchas. Os modelos variam de acordo com a estação do ano.

O incentivo do grupo é da Prefeitura Municipal, por meio de sua Secretaria de Ação Social. O ganho é tanto econômico como cultural, pois se observa um interesse cada vez maior de crianças, jovens e donas-de-casa em aprender o trabalho.

Bonecas de Palha

As “Bonecas da Praia” formam coleções em estilos diferenciados, para enfeitar os vários ambientes de uma casa. É uma produção independente de uma jornalista da cidade, que trabalha esta arte em suas horas de descanso. Os elementos utilizados são da região, sendo a base de taboa e o restante em palhas de coco, milho, embira de banana, sementes, conchas e cipós.

As bonecas da série “Religiosa” fazem sucesso por representarem a fé da população local. Outras, de nomes fortes e antigos (Iolanda, Antonieta, Madalena, Genoveva, Anastácia, Judite, Tereza...) vão formando comunidades de bonecas que representam o dia-a-dia das mulheres trabalhadoras da região.

Uma delas, com 1,70m de altura, representa uma “liderança” entre as demais. É chamada “Ísis”, em homenagem à lenda em torno do nome de Marataízes.

Arte em Madeira

Um dos mais luxuosos trabalhos artesanais de Marataízes é feito em madeira, em peças clássicas que viram móveis, adornos em marchetaria e até miniaturas de barcos que representam com estilo a maior economia local que é a Pesca.

O artesão Alaor Mendes, que trabalha a arte da marcenaria há mais de sessenta anos em Marataízes, utiliza técnicas variadas em suas peças, especialmente a “marchetaria” que desenvolve com maior freqüência nos últimos vinte anos. De pontas e pequenos pedaços de madeira que poderiam virar lenha, o artesão cria elegantes bengalas, peças clássicas para decoração de interiores, canetas, piões, mesas de jogos (dama, gamão, xadrez), cinzeiros, porta-bíblias e adornos com inspiração náutica (timão, outras). * Arte em Madeira “Alaor Mendes” – 28 9938-0130/28 3532-2844.

Réplicas dos barcos utilizados na pesca fazem sucesso, principalmente, entre as personalidades que visitam (em missão oficial) o balneário, presenteadas pelo Poder Executivo local com as belas miniaturas – confeccionadas pelo artesão Antônio, da Barra de Itapemirim.

Óleo Sobre Tela

A natureza esplendorosa e os patrimônios históricos inspiram dezenas de artistas plásticos no município. Telas em óleo e variadas texturas são facilmente encontradas em vários pontos de vendas.

 
<< Voltar
 
Apoie o Turismo no Brasil...
Antes de viajar ao exterior, conheça todas as belezas do Brasil. Nosso país é rico em cultura, diversidade, natureza e alegria.
- Roteiro Virtual: www.roteirovirtual.com.br
 
 
FOTOS (03)
Fotos de quem esteve lá
 
Galeria de Fotos da cidade de Marataízes - ES
 
Veja mais fotos da cidade de marataizes - Espírito Santo Veja mais fotos

 

 
 
Principal - Sobre o Portal - Seja um Colaborador - Nossa filosofia - Termo de uso - Privacidade - Política de Qualidade - Fale Conosco - Anuncie
© 2010 - 2014 Roteiro Virtual - Todos os direitos reservados